PROGRAMA INER LIXO ZERO SOCIAL DEZ

O QUE DIZER!

O GRUPO INER foi constituído com o objetivo de contribuir para a implementação da Lei 12.305/2.010 que trata da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PRSN) através de instituições, empresas e cidadãos realmente comprometidos com uma política social mais justa, responsável e sustentável. Empresa de capital privado, criado por uma instituição social, que uniu aos seus objetivos as maiores empresas em seus segmentos para implantação do projeto “Lixo Zero Social 10”. O Grupo INER fará a gestão completa das usinas desde o início até a entrega das chaves aos investidores, após a entrega estará ajudando na gestão e também na manutenção das usinas em todo o Território Nacional. O Sistema de Gestão terá controle de todas as operações do Grupo INER, com facilidades e disponibilidades de acompanhamento via Tablet e Celulares, bem como, o gerenciamento das obras e projetos complementares.

SOLUÇÕES QUE VIABILIZAM O PROJETO:

CTT - Centro de Triagem e Transbordo (Linha Única e Linha Dupla) Uma a cada 100 mil habitantes / Preparadas para atender até 200 mil habitantes

Usina de Incineração de Produtos Químicos e Hospitalares para cada Regional Uma a cada 1500/2000 mil habitantes

Usina de Compostagem para cada Regional Uma a cada 1500/2000 mil habitantes

Usina de Cremação Uma a cada 1500/2000 mil habitantes

Prédio Social – Para atendimento às famílias Um prédio social para cada CTT – Centro de Triagem e Transbordo instalada

Prédio Seccional administrativo / gerência dos prédios sociais Um prédio seccional para cada regional

Diretoria Estadual – Fiscalizadora e intermediadora entre as diretorias da Confederação do Elo Social com as diretorias seccional e regional.

Cooperativa Cooperiner – Para atender a Logística Reversa de Resíduos Volumosos (Sofás, Poltronas, Móveis, etc., a ser instalada estrategicamente em cidade onde tiver um CTT.

PROGRAMA INER DE RESÍDUOS SÓLIDO

Atendimento a Lei 12.305/2.010 que trata da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PRSN)

Projeto de iniciativa privada com objetivos também sociais;

Transformar o lixo em riquezas a serem exploradas pela iniciativa privada.

Logística Integrada e interligada entre todos os CTTs e Usinas de Compostagem

Todos os prédios são padrões em todo o Brasil (único projeto, fabricantes padronizados)

Utilizar mão de obra carcerária na preparação de Blocos, Estruturas metálicas, Materiais, etc.

União das maiores empresas fornecedoras do Brasil:

Volume de compras para atender todos os CTTs, Usinas e Prédios Sociais;

Padrão de produtos e materiais e marcas para todos os prédios no Brasil;

Logística compartilhada e controlada pelos fornecedores e investidores (COI);

Desenvolver soluções em conjunto com os maiores fabricantes nacionais e internacionais.

Atendimento a Lei 12.305/2.010 que trata da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PRSN)

Convênio com Sistema Penitenciário:

União das maiores empresas fornecedoras do Brasil:

Faturamento Direto Investidor x Fornecedor

Diminuir os índices de criminalidade;

Melhorar a qualidade de vida do cidadão dando oportunidades de crescimento pessoal e profissional;

Diminuir sensivelmente os problemas de saúde causado pela má gestão do lixo hoje existente, melhorando a qualidade do ar, da terra e da água;

Acabar com o trabalho escravo dos catadores dando dignidade na profissão, não tendo mais que puxar carrinhos para captação do lixo. colocar os mesmos no mercado de trabalho através de CLT, Cooperativas e Empreendedorismo;

Mão de obra especializada com o reconhecimento perante a sociedade;

Solucionar a destinação correta de 100% do lixo acabando com os lixões e aterros sanitários no Brasil;

Gerar lucros aos investidores e acionistas além de potencializar as oportunidades de negócios;

Melhorar a educação e cidadania da população através das ações tomadas pelo trabalho desenvolvido pelos prédios sociais, trabalhando a família como objetivo principal.

A CESB é a instituição responsável pela implantação de todos os programas sociais advindos da construção das unidades de usinas INER. A cada CTT – Central de Triagem e Transbordo será doado um prédio social para abrigar o projeto denominado Social do Cidadão e a cada fábrica de compostagem, Indústria de Adubos será doado um prédio Seccional. Com capacidade de atender socialmente 200 famílias/dia e ministrar 720 cursos grátis de cidadania por mês, nossas sedes serão instrumento social para atendimento das famílias nas mesmas localidades das usinas. Projeto contemplando 1508 prédios regionais e 118 prédios seccionais, que abrigarão as diretorias Estaduais, Seccionais e Regionais para operacionalizar o atendimento ás famílias.

197 visualizações3 comentários